Pages

22 de janeiro de 2011


Eu estou sentindo falta de você. Admito. Mas eu sei que lá no fundo, eu tenho esperança que vou te esquecer! Eu sei que é isso que você quer que eu fique longe de você, que eu pare de falar contigo, e que saia dos seus pés. Então eu vou fazer isso, direitinho... Mesmo não querendo, mesmo te querendo. Por favor, se você ainda sente algo por mim, me diga. Do jeitinho que você quiser falar, do seu jeitinho. Não esconda que me ama se ainda me amar. Não me deixe ir embora, se você não me quer longe. E lá estou eu, pensando de novo que você ainda pode gostar de mim. Boba. Eu sei! Óh, meu Deus, como eu amo você. Eu não queria te deixar ir, eu queria você de volta. Que saudades...


Caio Fernando Abreu

Um comentário:

  1. deixei um selinho pra você no meu blog, dá uma olhadinha :*

    ResponderExcluir

22 de janeiro de 2011


Eu estou sentindo falta de você. Admito. Mas eu sei que lá no fundo, eu tenho esperança que vou te esquecer! Eu sei que é isso que você quer que eu fique longe de você, que eu pare de falar contigo, e que saia dos seus pés. Então eu vou fazer isso, direitinho... Mesmo não querendo, mesmo te querendo. Por favor, se você ainda sente algo por mim, me diga. Do jeitinho que você quiser falar, do seu jeitinho. Não esconda que me ama se ainda me amar. Não me deixe ir embora, se você não me quer longe. E lá estou eu, pensando de novo que você ainda pode gostar de mim. Boba. Eu sei! Óh, meu Deus, como eu amo você. Eu não queria te deixar ir, eu queria você de volta. Que saudades...


Caio Fernando Abreu

Um comentário:

  1. deixei um selinho pra você no meu blog, dá uma olhadinha :*

    ResponderExcluir